• Selma Mello

CÂMARA: ZAQUEU, AUDÁLIO E MAIS VEREADORES SE DESPEDEM DA CASA RAIMUNDO DE MORAIS

Semana passada, mais precisamente na sexta-feira (4), a Câmara Municipal de Garanhuns encerrou suas atividades parlamentares com a realização da 17ª reunião ordinária. O Legislativo volta a se reunir em 1 de janeiro de 2021, dia em que os novos vereadores; eleitos em 15 de novembro último, tomarão posse, e a casa Raimundo de Moraes definirá a nova mesa diretora para o Biênio 2021/2022.

Candidatos a Prefeito e Vice este ano, pela Coligação “Garanhuns para Todos”, que reuniu os partidos, PP, PSL e MDB, os vereadores Zaqueu Naum Lins e Audálio Ramos Machado Filho participaram pela última vez de uma reunião no Legislativo na condição de parlamentar. E deve ter sido a última de verdade, pois nenhum dos dois pretende disputar mais esse posto, conforme apurou o Blog do Gidi Santos.

ZAQUEU – Eleito vereador em cinco oportunidades, nos anos 2000, 2004, 2008, 2012 e 2016, sendo o mais votado em três ocasiões, Zaqueu Naum Lins é formado em administração de empresas pela Aesga e tem atualmente 54 anos de idade.

Pai de três filhos e Presidente da Câmara pelo Biênio 2007/2008, disputou mandato de deputado estadual em 2014. Naquele ano, ele precisava de cerca de 25 mil votos para ser eleito, obteve 23.504. Antes da vida pública, Zaqueu atuou no ramo automotivo. Na Avenida Caruaru, onde funcionou uma loja de autopeças de seu tio, ele foi vendedor; pouco tempo depois passando a gerenciar o estabelecimento.


ADUDÁLIO - Já Audálio, por sua vez, conquistou três vitórias ao longo de sua vida pública. Esteve na Câmara por doze anos. Em 2000, ele venceu pela primeira vez quando estava no PSDB. Depois, sagrou-se vereador nos anos de 2012 e 2016 já no PSDC.

Dois anos atrás (2018), ele também tentou alçar voo mais alto. Disputou a Assembleia Legislativa de Pernambuco. Não foi eleito, mas cravou 3.639 votos; 27 a mais do que Álvaro Porto, candidato apoiado pelo então Prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (TB).

Casado, pai de dois filhos, formado em economia, servidor público federal, também com 54 anos, católico e de família bastante tradicional em Garanhuns, Audálio foi Presidente da Câmara Municipal no biênio 2013/2014. O principal articulador para sua vitória, foi o seu colega de Câmara, Alcindo Correia, vereador que abriu mão da disputa para apoiar Audálio; a quem ele considerava mais capacitado para administrar o orçamento e as atividades parlamentares da casa Raimundo de Moraes.


PARTICIPAÇÃO NOS GOVERNOSZaqueu, participou de três administrações, com sua atuação na Câmara. Em 2000, quando Silvino Duarte era reeleito Prefeito, Zaqueu chegava a Câmara pela primeira vez. Já em 2004 e 2008, quando Luiz Carlos de Oliveira Governava o município, Lins consolidou sua atuação política com duas reeleições. Por fim, em 2012 e 2016, ele aceitou uma convocação de Izaías Régis, passando a integrar a bancada do Prefeito na Câmara Municipal.

Em todos os governos, ele deixou sua marca. Sempre procurou combater as desigualdades, através do seu mandato, propondo leis e requerimentos para melhorar a qualidade de vida da população. Legislou e fiscalizou com altivez, por isso é reconhecido por toda Garanhuns, sobretudo pela sua integridade e competência.

O mesmo pode ser dito de Audálio, que emprestou seu conhecimento técnico e habilidade política à Câmara, quando Silvino e Izaías governaram o município. Nos dois casos, ele deu larga contribuição para o desenvolvimento de Garanhuns, quer seja na infraestrutura, geração de emprego e renda, mobilidade urbana, na saúde e educação.


Sempre vigilante e estudioso; Audálio entra para história com um mandato eficiente, com ações voltadas para todos os setores sociais. Combativo, ele sempre buscou desengesssar o município; tornando Garanhuns cada vez mais próspera, moderna e desenvolvida economicamente; o mesmo que pode ser dito pelo lado de Zaqueu.

As digitais de ambos, estarão para sempre na Câmara Municipal; mas sobretudo na mente e nos corações dos garanhuenses; a quem eles dedicaram uma vida.






OUTRAS DESPEDIDAS – Em 2020, mais sete vereadores se despedem da Câmara. Cinco deles não foram reeleitos, Marinho da Estiva, Betânia da Ação Social, Tonho de Belo do Cal, Gil PM e Ary Júnior. Carla de Zé de Vilaço desistiu da disputa. Já Daniel da Saúde, faleceu em julho deste ano, vítima de Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico.

498 visualizações0 comentário
Siga-nos para não perder nenhum post!
  • Instagram - White Circle
  • Blogger - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco

© 2020 SM by: Selma Mello

Garanhuns - Pernambuco