• Selma Mello

O DIA DE GARANHUNS



Por Maxwell da Silva Bento

O raiar do Sol por trás da capela primitiva de Santo Antônio, em 10 de março de 1811, trouxe naquela manhã de domingo boas novas aos habitantes da povoação de Garanhuns: era chegado o momento da tão desejada emancipação política a pedido do governador de Pernambuco, Caetano Pinto de Miranda Montenegro. O príncipe regente Dom João Assinara a Carta Régia concedendo autonomia à localidade, criando o município de Garanhuns. Esse ato soberano coroava todos os esforços e a mobilização de homens e mulheres proprietários do local, a chamada Terra de Simoa Gomes, que àquela altura já era centro econômico do Agreste pernambuco e crescia cada vez mais.

Dessa forma, instâncias de poder foram criadas e definidas com suas autoridades competentes junto a um corpo de funcionários públicos eque a partir de então cuidariam dos interesses garanhuenses. Garanhuns nunca pertencera a nenhuma outra localidade, tendo em seus munícipes o orgulho, bem como o carinho por suas origens, ao ponto de um dia ser chamado de “seu” O Dia de Garanhuns, como é citado em sua Data Magna instituída em 1950, através de projeto do vereador e historiador Alfredo Leite Cavalcanti, sancionado pelo prefeito Luiz da Silva Guerra (Resolução Nº 144/50).

A partir de então, ano a ano durante as décadas de 1950, 1960 e 1970 o aniversário de Garanhuns foi comemorado todo dia 10 de março. A imprensa, o poder público, as escolas e os colégios lhe rendiam homenagens e o comércio fechava suas portas em alusão ao feriado municipal Foi assim até 1975, quando essa data foi mudada, sendo posteriormente resgatada pelo Instituto Histórico Geográfico e Cultural de Garanhuns com a sensibilidade da Câmara Municipal, a mesma instituída pela Carta Régia de 1811 e sancionada pelo prefeito Izaías Régis em 2013 (Lei Nº 3946/13), voltando sua comemoração para o dia 10 de março, conforme a legislação de 1950

A nossa Data Magna equipara Garanhuns à mesma importância de municípios históricos da Era do Brasil Colônia, a exemplo de Santos-SP, São Vicente-SP e Olinda-PE, que comemoravam seus respectivos aniversários com a criação de suas vilas, que era o termo utilizado para as municipalidades portuguesas, uma vez que estávamos sob o seu domínio.

Assim, parabéns Garanhuns pelos seus 209 anos de criação! Uma terra com tantos corações! São anos de muita história, deu m municípios bicentenário e uma cidade que vem se modernizando sem esquecer seu passado, enaltecido a cada ano com a comemoração de sua Data Magna. A exemplo do que disse o notável historiador pernambucano Nelson Barbalho, “Todo 10 de Março é o seu Dia do Município” e, parafraseando Alfredo Leite Cavalcanti, para todos os garanhuenses “10 de Março é o Dia de Garanhuns”

Maxwell da Silva Bento é pesquisador e Diretor Financeiro do Instituto Histórico Geográfico e Cultural de Garanhuns

59 visualizações
Siga-nos para não perder nenhum post!
  • Instagram - White Circle
  • Blogger - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco

© 2020 SM by: Selma Mello

Garanhuns - Pernambuco