• Selma Mello

REMANESCENTE QUILOMBOLA TORNA-SE PRIMEIRO DOUTOR DE CAETÉS-PE


        Parabenizamos o Caeteense, da comunidade quilombola atoleiro, Messias José dos santos silva, único do município a obter título de Doutorado.

        Messias, como a maioria do nosso povo, veio de família humilde. Teve que enfrentar grandes desafios para conquistar a tão sonhada faculdade. Foi quando em 2005, através das políticas públicas do governo Lula, que a Universidade Federal Rural de Pernambuco chegou em Garanhuns e Messias iniciou Zootecnia.

        Conta sua mãe, Dona Creusa, que seu filho todos dias pegava a bicicleta, e percorria mais de 10 quilômetros até a BR-423, onde de lá esperava transporte para à Universidade. “Foi difícil, tiveram horas que ele pensou em desistir, mas eu disse que nós daríamos um jeito”. Comentou dona Creusa.

         Em 2010, o jovem sonhador, ainda buscando alavancar sua vida profissional, inicia seu mestrado também em Garanhuns. Porém, o caeteense, filho da comunidade quilombola, buscava chegar mais longe e em 2012 entra no programa de doutorado da UFPB (Universidade Federal da Paraíba). Os sonhos de Messias foram mais longe, lembrando de toda infância, ainda quando estudava no grupo escolar da zona rural de Caetés, queria levar mais orgulho para sua família e em 2016 inicia o maior título acadêmico, o Pós-doutorado.

         Como muitos outros jovens da nossa Caetés, Messias superou todos os obstáculos, lutou por dias melhores e hoje é professor do Instituto Federal de Rondônia, em Caucaia-RO.

     A maioria dos nossos jovens, muitas vezes, se quer conseguem se manter nas universidades fora da sua cidade, diante das poucas políticas públicas local voltadas a inclusão e permanência estudantil em IES.

        As políticas públicas voltadas à concessão de auxílio financeiro aos estudantes, sobretudo, aos estudantes quilombolas, indígenas e em situação de vulnerabilidade socioeconômica matriculados em instituições federais de ensino superior, visa contribuir para a permanência e a diplomação dos beneficiados.

          Queremos, novamente, parabenizar e desejar muito sucesso ao filho da nossa terra, que tem levado o nome da cidade em todo território nacional. Ainda, através de sua garra, impulsiona a sonhar outros jovens quilombolas, jovens da zona rural e jovens da cidade a acreditar que tudo é possível, mesmo quando barreias sociais, econômicas e políticas existirem.

Por: Arnon Andrade

https://caetesnaintegra.blogspot.com/2020/08/remanescente-quilombola-torna-se.html?m=1&fbclid=IwAR1nKHFNhGKc5rKvWluG7uAf0Jysmz-Eimz0CulcI9sYuYfncT2ag24StgA

7 visualizações
Siga-nos para não perder nenhum post!
  • Instagram - White Circle
  • Blogger - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco

© 2020 SM by: Selma Mello

Garanhuns - Pernambuco